Arquivo da tag: manifestação

Rede DataLuta

O DATALUTA – Banco de Dados da Luta pela Terra – é um projeto de pesquisa e extensão criado em 1998 no Núcleo de Estudos, Pesquisas e Projetos de Reforma Agrária – NERA – vinculado ao Departamento de Geografia da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Estadual Paulista – UNESP, campus de Presidente Prudente. A elaboração do primeiro Relatório DATALUTA em 1999 com os dados de 1998 foi o início desta publicação de categorias essenciais da questão agrária brasileira, superando a dificuldade de acesso aos dados sistematizados sobre ocupações e assentamentos. Em 2004 incorporamos a categoria movimentos socioterritoriais e em 2010 a estrutura fundiária e a categoria manifestações do campo. Os relatórios são compostos de gráficos, tabelas, quadros e mapas sobre parte da realidade agrária brasileira.

No sentido de propiciar leituras diversas da realidade agrária brasileira, nos reunimos em um coletivo de pensamento e criamos a REDE DATALUTA, agregando esforços, concentração e disciplina de nove grupos de pesquisas das seguintes universidades: Núcleo de Estudos, Pesquisas e Projetos de Reforma Agrária – NERA, vinculado ao Departamento de Geografia da Faculdade de Ciências e Tecnologia da UNESP, campus de Presidente Prudente; o Laboratório de Geografia Agrária – LAGEA, da Universidade Federal de Uberlândia; o Laboratório de Geografia das Lutas no Campo e na Cidade – GEOLUTAS, do Departamento de Geografia da Universidade Estadual do Oeste do Paraná – campus de Marechal Rondon; o Núcleo de Estudos Agrários – NEAG, do Departamento de Geografia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul; o Grupo de Pesquisas em Geografia Agrária e Conservação da Biodiversidade do Pantanal – GECA, da Universidade Federal de Mato Grosso; o Laboratório de Estudos Rurais e Urbanos – LABERUR, do Departamento de Geografia da Universidade Federal do Sergipe; o Observatório dos Conflitos do Campo – OCCA, da Universidade Federal do Espírito Santo; o Grupo de Estudos sobre Trabalho, Espaço e Campesinato – GETEC, da Universidade Federal da Paraíba e o Laboratório de Estudos Territoriais – LABET, do campus de Três Lagoas da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul.

Comissão Pastoral da Terra

A Comissão Pastoral da Terra (CPT) realiza levantamentos de diversos tipos de conflitos no campo que são anualmente sistematizados nos Cadernos Conflitos no Campo. É possível acessar a cada ano dados sobre:

  • Acampamentos
  • Ameaçados de Morte
  • Áreas em Conflito
  • Assassinatos
  • Conflitos pela Água
  • Desrespeito Trabalhista
  • Conflitos por Terra – Ocorrências
  • Manifestações
  • Ações de Resistência
  • Ocupações
  • Superexploração
  • Tentativa de Assassinato
  • Trabalho Escravo
  • Violência contra a Ocupação e a Posse
  • Violência contra a Pessoa